Ir para o conteúdo principal

Como ter um website de hotel que impulsione as receitas

  Publicado em Comércio hoteleiro

Criar um website onde os viajantes possam entrar em contacto direto consigo é uma etapa importante para gerar receitas adicionais no seu hotel. No entanto, para ter êxito na satisfação das expetativas dos hóspedes da atualidade, é necessário prestar especial atenção à otimização de cada elemento do seu website.

Os utilizadores esperam websites simples mas completos, elegantes e intuitivos que lhes permitam encontrar as informações que procuram. Ao mesmo tempo, os hoteleiros têm de ter um website que gere resultados comerciais significativos ao operar como um verdadeiro website de comércio eletrónico.

Isto está relacionado com o facto de um hotel ser muito mais do que quartos e camas – em 2022, o seu hotel e tudo o que existe nele deve ser visto como um produto que se pode rentabilizar. O seu website pode ajudá-lo a desvendar estas receitas se for profissional, atrativo e totalmente integrado. Há MUITO que tem de ser feito para conseguir isto, mas não tem de ser tão complicado como pensa.

Vejamos o que é preciso para otimizar o seu website para conversão e como pode alcançá-lo sem complicações.

Table of contents

Elementos fundamentais de um website de hotel que gera receitas

Em termos gerais, há uma série de fatores absolutamente cruciais que deve ter em conta para maximizar o número de viajantes que fazem uma reserva através do seu website.

Analisaremos de forma detalhada os cinco elementos-chave…

Design

Em primeiro lugar e da mais alta importância, é necessário ter elementos visuais atrativos que chamem à atenção e despertem a imaginação dos visitantes, bem como funcionalidades que lhes permitam encontrar facilmente as informações que procuram.

No que diz respeito ao seu website, a primeira impressão é tudo. Os visitantes que chegam às suas páginas web farão julgamentos rápidos sobre qualidade, profissionalismo e adequação do seu alojamento com base no que veem à primeira vista.

É por isso que precisa de imagens bonitas e deslumbrantes de alta qualidade, complementadas por um design simples que não seja confuso nem sobrecarregue os olhos.

Algumas das partes essenciais do design incluem:

  • Um botão “Reservar agora” ou uma chamada à ação semelhante que seja claramente visível em todos os momentos, para que os viajantes possam converter facilmente quando tomarem uma decisão
  • Uma estrutura de menu clara que permita aos visitantes aceder rapidamente às informações mais importantes
  • Uma página dedicada às comodidades para que os viajantes possam ver se o seu estabelecimento cumpre as expetativas
  • Uma galeria de fotos que mostre as melhores partes do estabelecimento e da zona
  • Dados de contacto e de localização facilmente acessíveis para os hóspedes que têm dúvidas
  • Promoções e ofertas que os hóspedes podem aproveitar com um único clique
  • Uma visita virtual ao quarto ou um vídeo com uma pitada do estilo local para aumentar as expetativas dos hóspedes
  • Inclua opiniões de hóspedes satisfeitos ou um link para a sua página no TripAdvisor

Para limitar o número de páginas que cria, certifique-se de que tem um blogue que dá resposta à maioria das perguntas mais frequentes dos hóspedes. Isto pode incluir os melhores restaurantes nas proximidades, as atividades turísticas mais populares, as melhores atrações naturais, etc.

Funcionalidade

Assim que o seu website tiver bom aspeto e funcionalidades interessantes, é hora de refletir sobre o funcionamento do mesmo.

A funcionalidade de reserva e a funcionalidade geral do website são essenciais para as conversões – bem como a personalização.

A funcionalidade de reserva deve oferecer mais do que apenas as opções básicas de escolher e confirmar uma reserva. Também recomendamos que ofereça aos hóspedes algumas capacidades de personalização através do sistema de reservas, tais como permitir a compra de extras, a seleção de complementos e a possibilidade de fazer upgrades. Além de ser uma experiência positiva para o hóspede, também lhe permitirá obter mais receitas. O processo completo deve ser feito em cerca de três passos para reduzir a taxa de abandono.

Os tempos de carregamento e os aspetos de navegação do seu website também são cruciais para evitar que os seus potenciais hóspedes abandonem o website por frustração.

As taxas de conversão já são bastante baixas, por volta dos 2,5%, portanto o ideal é minimizar a quantidade de pessoas que abandonam o website devido a uma má experiência. Tempos de carregamento demorados também afetam a classificação de otimização (SEO). Aqui tem algumas dicas para reduzir o tempo de carregamento:

  • Utilize um servidor virtual privado (VPS) ou um serviço dedicado.
  • Limite os pedidos de HTTPS ao reduzir as caixas de ícones, as janelas pop-ups ou os sistemas de comentários
  • Comprima e otimize as imagens de alta resolução antes de as carregar no website
  • Ative a colocação em cache para reduzir os pedidos ao servidor
  • Reduza o espaço em branco e o conteúdo redundante, e limite as paletes de cor
  • Não exagere nos plug-ins e nos widgets

Acelerar em apenas um segundo o tempo de carregamento do website pode fazer uma enorme diferença na retenção e conversão do público-alvo. Os hóspedes também devem ser capazes de encontrar o que procuram com o mínimo de cliques – não devem ter de percorrer cinco páginas para encontrar respostas.

Ao adicionar funções de personalização ao website levará a experiência do utilizador ao nível seguinte, o que aumentará ainda mais as taxas de conversão. Algumas formas de adicionar personalização ao website incluem:

  • Criar mensagens e ofertas personalizadas para os visitantes provenientes do Facebook ou do Instagram
  • Seguir e recompensar os visitantes repetitivos do website
  • Adaptar o conteúdo do website aos perfis dos subscritores
  • Promover ofertas específicas para determinados períodos ou tipos de estadia

Também pode personalizar e facilitar a experiência dos hóspedes através do preenchimento automático de formulários se já tiver as informações dos mesmos, bem como sugerir artigos ou páginas seguintes relevantes, e utilizar um chatbot amigável para ajudar os utilizadores em consultas e navegação.

Capacidade de descoberta

Então, o seu website é bonito e funciona sem problemas para os utilizadores. Agora, as pessoas têm de conseguir encontrá-lo.

A otimização para motores de busca (SEO) é um elemento-chave do seu website, uma vez que garante que os viajantes conseguem encontrá-lo organicamente a partir do Google ou de outros motores de pesquisa.

O seu SEO depende de uma série de fatores, alguns dos quais podem não ser óbvios, mas são certamente muito valorizados pela Google:

  • Segurança HTTPS para garantir a proteção dos dados dos hóspedes
  • Descrições, títulos e páginas exclusivas
  • URLs simples, descritivos e sucintos
  • Mapa do site completo para indexação correta
  • Imagens otimizadas que carregam rapidamente
  • Conteúdo fresco e atualizado regularmente
  • Links relevantes e informações precisas
  • Conteúdo que satisfaz as necessidades do utilizador

O algoritmo da Google está em constante atualização, tornando-se cada vez mais inteligente na identificação dos conteúdos e websites mais úteis, de acordo com o que as pessoas estão a pesquisar. Tendo isso em consideração, é importante tornar o website tão único, relevante e preciso quanto possível.

Os perfis empresariais são outra excelente forma de levar as pessoas ao seu website e reforçar o SEO. Certifique-se de que tem o seguinte:

  • Perfil no Google Business Profile
  • Anúncios no Google Hotel Ads (mesmo um anúncio gratuito)
  • Perfis empresariais no Facebook e no Instagram

No entanto, a capacidade de descoberta não se trata apenas do SEO. É necessário garantir que os seus perfis nas agências de viagem online (OTAs) estão igualmente otimizados para maximizar o tráfego nestes canais de reserva, o que pode levar a um aumento do tráfego do website, uma vez que muitos viajantes chegam ao seu website a partir das agências de viagens online. Trate o seu perfil nas agências de viagens online como um perfil empresarial completo, quase como uma extensão do seu website, e trabalhe com os gestores de conta para obter sugestões adicionais.

Também pode criar bases de dados de emails e enviar comunicações regulares para que os visitantes voltem e vejam as novidades no seu website.

Capacidade de resposta

Nunca se sabe quando e onde alguém pesquisará viagens e descobrirá o seu website. Ao garantir que o seu website tem um bom desempenho em todos os dispositivos, significa que não perderá o grande número de visitantes que fazem reservas através de dispositivos móveis.

Tenha em consideração que 70% dos proprietários de smartphones utilizam o dispositivo para pesquisar viagens e que 90% alternam entre vários dispositivos durante a fase de pesquisa e reserva do planeamento de viagens.

Ter um website otimizado para telemóveis significa eliminar o seguinte:

  • Textos pequenos e difíceis de ler, que obrigam os utilizadores a aumentar e diminuir o zoom
  • Imagens grandes que carregam lentamente
  • Pequenos links que são difíceis de clicar
  • Dificuldade em contactar diretamente o seu estabelecimento
  • Páginas que não cabem no ecrã e fazem as pessoas subir e descer desnecessariamente.

Atualmente, a Google também utiliza as versões para dispositivo móvel das páginas num determinado domínio para fins de indexação e colocação em cache nos resultados de pesquisa e, posteriormente, para classificação.

Conte histórias

Por último, a forma como conta a história do seu hotel e vende a sua experiência pode ser o ponto de viragem para muitos hóspedes. Se o seu conteúdo não se destacar, será apenas mais uma opção entre muitas.

Pode afirmar que tem as almofadas mais suaves da região, mas todos os hotéis dizem o mesmo. Em vez disso, tem de identificar o que torna o seu estabelecimento único e especial e torná-lo conhecido.

  • A história das suas origens é famosa?
  • A sua arquitetura é mundialmente conhecida?
  • É um ponto de encontro de celebridades?
  • Tem comodidades únicas ou peculiares?
  • Os quartos do seu hotel são temáticos?

Aquilo que distingue o seu hotel da concorrência deve fluir por todo o texto do seu website.

Se tudo isto parecer demasiado trabalhoso – fique a saber que, com a tecnologia certa, isto pode ser feito quase sem esforço. Muitas plataformas de comércio hoteleiro, como a SiteMinder, oferecem funcionalidades de criação de websites que fazem todo o trabalho árduo por si.

Integração de reserva direta e otimização da conversão

Depois de o website impressionar os hóspedes, fornecer as informações certas e convencê-los a fazer uma reserva, o processo de reserva em si tem de ser rápido e simples. Os viajantes vão querer escolher o quarto e os complementos, pagar com apenas uns cliques e obter a confirmação da reserva o mais rapidamente possível.

A integração de um sistema de reservas online no website do seu hotel é a melhor e mais simples forma de o fazer. A chamada à ação “Reserve já” pode levar os hóspedes diretamente ao sistema de reservas onde os mesmos podem concluir a reserva, e onde tem a oportunidade de vender serviços adicionais, pacotes ou melhorias. É aqui que tem a oportunidade de maximizar as suas receitas.

O seu sistema de reservas também enviará comunicações eletrónicas automatizadas e personalizadas para que os hóspedes fiquem a par das respetivas reservas. Além disso, o seu sistema de reservas pode ser utilizado para captar reservas de viajantes que cliquem na sua página do Facebook e também permite usar plug-ins de compra com tarifas disponíveis em tempo real, para que os hóspedes saibam sempre que estão a obter o melhor preço ao reservar diretamente.

Dicas para aumentar a conversão

Mesmo que faça tudo bem, os hóspedes podem nem sempre estar satisfeitos ou prontos para reservar. Para simplificar ainda mais a experiência de reserva e manter o interesse dos hóspedes, eis o que pode fazer:

Capte apenas os dados essenciais necessários para a reserva – pode sempre recolher informações adicionais mais tarde
Encoraje os visitantes do website a aderir à lista de correio – se não obtiver a conversão, pode continuar a tentar
Adicione um calendário ao website – é possível que os hóspedes tenham interesse em saber que eventos há na região ou mesmo no seu hotel
Partilhe sempre os seus perfis nas redes sociais – construir um público-alvo pode manter a sua marca presente. Mesmo que não reservem agora, talvez o façam no futuro quando houver um sorteio ou uma promoção a decorrer nas redes sociais.
Integre ferramentas de medição, como o Google Analytics, para poder saber quais websites estão a funcionar e quais têm de ser otimizados

Na era do comércio hoteleiro, é fundamental que o seu website e sistema de reservas se integrem na perfeição para que a experiência de reserva continue a ser fluída para os hóspedes. Também é boa ideia gerir as reservas no sistema através de um gestor de canais para que não tenha de adicionar manualmente dados ao seu PMS ou estar sempre a verificar o inventário.

Estas são todas as funcionalidades que pode encontrar numa plataforma de comércio hoteleiro moderna e aberta como a da SiteMinder.

A principal plataforma de comércio hoteleiro do mundo.

Saiba mais

Thanks for sharing

Sign up to our blog and receive regular updates on the content you're into

Send this to a friend