Ir para o conteúdo principal

Análise SWOT do hotel: o seu guia completo

  Publicado em Gestão hoteleira

A tomada de decisões estratégicas é fundamental para que os hotéis continuem a crescer. Se não sabe bem por onde começar, não procure mais: a análise SWOT tradicional para hotéis é a ferramenta fundamental para compreender o seu negócio face à concorrência. A realização de uma análise SWOT centra a sua atenção para lá das necessidades imediatas e permite-lhe tomar medidas estratégicas para o seu negócio hoteleiro.

Este blogue explica o que é uma análise SWOT e como pode realizar uma análise SWOT eficaz do seu hotel, incluindo exemplos e dicas importantes.

Conteúdo

O que é uma análise SWOT do hotel?

A análise SWOT tradicional centra-se nos seus elementos abreviados: pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças (em inglês, “strengths”, “weaknesses”, “opportunities” e “threats”). Estes podem ser rapidamente divididos em fatores internos (pontos fortes e pontos fracos) e externos (oportunidades e ameaças).

Um esquema visual comum quando se resume uma análise SWOT é uma grelha 2×2, apesar de isto ter sido criticado por dar origem a destaques resumidos, o que leva a atalhos de pensamento. Idealmente, uma análise SWOT do seu hotel estabelece um equilíbrio, não sendo muito resumida nem assumindo a forma de uma longa lista ou dissertação. As declarações focadas nas ações são um elemento fundamental para alcançar este equilíbrio.

Os hotéis tornam a tarefa estratégica de realizar uma análise SWOT particularmente interessante: por um lado, o produto é composto por uma parte física, pelo serviço e por uma vasta gama de elementos intangíveis face à concorrência. Felizmente, há uma quantidade cada vez maior de informações ao alcance dos hoteleiros graças à tecnologia hoteleira. As plataformas de comércio hoteleiro facultam informações detalhadas inovadoras e históricas que nunca foram organizadas de forma tão assimilável.

Quais são as vantagens?

Uma análise SWOT sólida é o ponto de partida para as ações estratégicas do seu hotel e, deste modo, pode alcançar vários fins. Dependendo das suas prioridades, pode realizar uma análise SWOT do setor hoteleiro, de um portefólio de vários hotéis ou de um hotel específico no seu mercado local. A realização de uma análise SWOT pode ser uma ajuda para si e para a sua equipa para:

  • Descobrir linhas de ação inesperadas como resultado de se concentrar tanto em fatores externos como internos.
  • Prestar atenção a todas as partes da operação do hotel, incluindo decisões sobre as instalações, assim como preços e distribuição.
  • Passar das informações à ação estratégica de forma orientada.
  • Unir diferentes funções em torno do panorama geral, destacando as interdependências.

Qualquer pessoa que precise de uma via de ação clara, desde diretores-gerais à geração de receitas ou equipas de subdivisões, verá o seu tempo gasto nesta análise recompensado com informações valiosas e uma linha de ação clara.

Como realizar uma análise SWOT no seu estabelecimento (com exemplos)

Fatores internos: pontos fortes e fracos

Ao identificar os pontos fortes e fracos do seu hotel face à concorrência, certifique-se de que inclui tudo o que surge, mas é essencial não julgar o que é apresentado. Trata-se de examinar e ser específico. Evite descrições de duas palavras e utilize as suas métricas e resultados, como ADR, RevPAR, percentagem de reservas diretas e desempenho face ao seu conjunto competitivo, como pontos de partida.

Recorrendo ao exemplo de uma análise SWOT de um hotel de 5 estrelas, um ponto forte pode ser a sua localização central perto de pontos turísticos e o facto de ter um spa interno. Por sua vez, um ponto fraco pode ser o fraco reconhecimento da marca e uma ADR mais reduzida face ao concorrente local, que faz parte de uma cadeia global.

Precisa de saber mais sobre a análise competitiva? Leia o nosso guia completo aqui.

Fatores externos: oportunidades e ameaças

Ao fazer um inventário de oportunidades e ameaças a um hotel, pode utilizar um modelo como o PESTEL para garantir que todos os aspetos do ambiente empresarial são considerados e organizados. Com o PESTEL, irá fazer uma lista de oportunidades e ameaças nos contextos político, económico, social, tecnológico, ecológico e legal (PESTEL). Uma vez mais, não julgue os pontos apresentados e apenas tome nota. São fatores que afetam todos no seu mercado.

Continuando com o exemplo de um hotel de 5 estrelas, uma oportunidade pode ser duplicar a procura do mercado em termos de lazer, visto que a cidade surgiu num filme. Por sua vez, uma ameaça pode ser um aumento dos custos de distribuição de terceiros.

Construa declarações focadas nas ações

Assim que as listas acima estiverem concluídas e forem analisadas como um todo, surge um quadro mais amplo. É aqui que pode ir além da grelha 2×2 mencionada anteriormente. Em vez de fazer da sua análise SWOT um destaque de um diapositivo, deixe que esta guie discussões e decisões estratégicas. A Harvard Business Review recomenda fazer isto através do preenchimento da sua frase-modelo que relaciona fatores externos e internos:

“Dada a condição de [fator externo], a nossa capacidade de [fator interno] leva-nos a recomendar que [recomendação].”

No exemplo anterior de um hotel de 5 estrelas, tal pode traduzir-se em: “Dada a condição do aumento da procura do mercado em termos de lazer, a nossa capacidade de competir bem devido à localização leva-nos a recomendar que aumentemos os preços de acordo com a concorrência”. Outra recomendação pode ser “Dada a condição de um aumento do custo de distribuição de terceiros, a nossa capacidade de incluir o nosso serviço de spa interno numa tarifa leva-nos a recomendar que criemos um pacote de oferta de spa apenas disponível diretamente no nosso website”.

Dicas para melhorar a sua estratégia de negócio hoteleiro com uma análise SWOT

Primeiro, tenha em consideração os fatores externos

Visto que os fatores ambientais são os mesmos para a sua concorrência, recentemente defendeu-se que os fatores externos devem ser tidos em consideração e listados primeiro. Ao passar para os fatores internos depois, a equipa de trabalho está familiarizada com o contexto em que cada concorrente está a operar e há uma oportunidade de destacar áreas internas que, de outro modo, poderia ter negligenciado. Esta é uma forma de se afastar de um diagnóstico puro e, em vez disso, gerar ideias.

Seja específico

Para melhorar a análise SWOT do seu hotel, tem de ser específico ao designar as suas conclusões: “preço” não tem grande significado como oportunidade, pois poderia ser a oportunidade de baixar os custos ou de aumentar o preço. Especificamente, nos hotéis, o preço ou a tarifa são relativos a dias da semana, segmentos de mercado e são comparados a conjuntos competitivos específicos. Certifique-se de que traz este nível de clareza com cada ponto apresentado.

Seja claro: o que significa ter sucesso no quotidiano

As operações do hotel são monitorizadas diariamente, por isso, à medida que define recomendações e ações estratégicas, reserve algum tempo para incluir aquilo em que estas se traduzem nas suas reuniões diárias e semanais. Haverá novas atualizações regulares? As ações devem levar à conquista de um novo objetivo em termos de ocupação ou ADR? À medida que tem em consideração as informações empresariais hoteleiras que analisa, saiba de que forma a equipa está a monitorizar o progresso. Quando se cria a análise SWOT, existe um elemento de mudança em qualquer nova estratégia ou ação que pode ser gerido sem problemas, especialmente com o envolvimento dos membros da equipa desde o início.

A principal plataforma de comércio hoteleiro do mundo.

Saiba mais

Thanks for sharing

Sign up to our blog and receive regular updates on the content you're into

Send this to a friend